O Que faremos em Marte?

Terra em nossas mãosResolvi dar num tempo com a questão política, justamente neste dia de eleições e me concentrei em outra hipocrisia: a de que devemos mudar para Marte, porque o Planeta Terra não tem mais condições de sobrevivência. É preciso encontrar uma segunda casa.

Há uma grande preocupação, para uma grande parte dos habitantes da Terra, sobre como será que o nosso Planeta estará no futuro. Essa preocupação, no entanto, não se converte em ações para modificarmos o futuro do Planeta, daí a lixohipocrisia. Coisas simples, como reciclar o lixo, limpar as ruas, evitar a contaminação das nascentes, evitar o uso exagerado do plástico, preservar os mares, os rios, cultivar uma planta, uma árvore, ou outras, poderiam, dependendo da quantidade de pessoas que assumam fazê-las, ajudar muito a evitar o “colapso” do nosso Planeta. evitar a mudança par Marte!

2015-10-11 14.46.49.jpgEu e minha mulher, em nossa humilde casa, com um pequeno terreno de 400 m2, dos quais nos sobram cerca de 60 m2 de terra pura (sem cobertura de concreto), fazemos o que podemos. Nesse espaço, cultivamos morangos, goiaba, acerola, jabuticaba, amora, caju, figo, pêssego, já cultivamos maracujá e, gente, olha que beleza, estamos degustando guabiroba (a fruta de minha infância), algumas plantas crotaláriadiversas e crotalária (uma plantinha que atrai a “libélula” que é predadora do mosquitocafégrãos.png da Dengue). Para nossa alegria, há uns três meses atrás, colhemos, em nosso quintal, cerca de meio quilo (depois de moído – a parte que nos coube!) de grãos de Café! Foi uma imensa alegria. Meu tio pôs o café para secar, torrou, moeu e nós consumimos no “café da manhã”, em nossa casa, café colhido em nosso quintal! Não é uma maravilha?!?

Ué! Por que estou contando tudo isto? Porque nosso terreno continua o mesmo. rosas.pngConsumimos o que conseguimos colher em nossa casa e, apesar de pequeno, continuamos orgulhosos do nosso tereno. E o nosso planeta, que é tão grande. Como é que está? Estamos cuidando dele? Eu e minha mulher não jogamos garrafas plásticas em nosso terreno. Por isto, ele continua o mesmo. E olha, jogamos uma semente de melancia.pngmelancia no terreno e em nossa mesa de reveillon, naquele ano, lá estava uma melancia de quase dez quilos, bonita, vermelha, colhida em nosso quintal. Será que não pode ser assim com nosso Planeta? Claro que pode! O que precisamos é ser um bom usuário do planeta!

Mas, o que é que acontece, na realidade? Há esse grupo de pessoas “preocupado” com o futuro do Planeta. Essa preocupação é de que, no futuro, nosso Planeta, não servirá mais para habitar os seres humanos aqui existentes. Então, será necessário transferir a humanidade para outro lugar. Que tal, Marte? Sim, o martePlaneta Vermelho! Boa, vamos para lá! Tá bom, mas, o que é que vamos fazer em Marte????

Bem, o que há de errado nisto? Afinal, o ser humano nasceu com o gene aventureiro e voar pelo espaço à procura de uma casa nova não é nada mal, não? Claro que é! É, sim!

Veja como não há nenhuma lógica nisto. Quanto gastaremos para chegar em Marte? Ecidade

não é só chegar, é preciso preparar a nova casa, mobilhar, criar infra estrutura, construir cidades, enfim, tornar o Planeta vermelho habitável: criar estradas, carros, fábricas de tudo e, inclusive, “armas”. Sim, porque, depois, será preciso se proteger de invasores…

Espera! Pára tudo! Estamos querendo ir para Marte para… destruí-lo? Como estamos fazendo com a Terra? Quem vai me convencer de que, nós não conseguimos “cuidar” da Terra, mas, de Marte, nós conseguiremos. Ah, tá, é porque lá, não terá “gasolina” (ou, melhor, Petróleo). Então, lá, não existiram Dinossauros há cerca de 150 milhões de anos e, por isto não existem fósseis e, portanto, não extrairemos Petróleo. Assim, como o Petróleo é o “grande vilão” da destruição do Planeta, tal situação não acontecerá com Marte. O problema, na verdade, aqui, foi o Petróleo! arrumar

Então, eu tenho uma proposta. Vamos pegar o dinheiro que gastaremos com a mudança e utilizá-lo aqui na Terra, para evitar a destruição do Planeta! Não teremos que plantar árvores em Marte? Plantemos aqui. Recuperemos nossas florestas. Não queremos encontrar (ou produzir) água em Marte? Façamos isto aqui. Produzir água é um pouco difícil, mas, recuperar as nascentes e restabelecer os aquíferos, ah, isto, com tanto dinheiro (o que gastaríamos no projeto de mudança de Planeta), será possível aqui na Terra. E nem duvido de que, no futuro, o homem não seja capaz de unir dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio e “fabricar” água, a partir de alguma experiência científica.

Há alternativas: podemos retirar o sal da água dos oceanos, podemos deixar de consumir petróleo, podemos plantar árvores e combater o aquecimento global. Enfim, há uma enorme quantidade de possibilidades de recuperação do planeta.

Então, fica aqui, minha modesta opinião e meu apelo: ao invés de pretendermos “mudar” para Marte e “estragar” aquele Planeta, também, vamos utilizar nossos esforços para evitar que o nosso Planeta morra. Melhor salvar este, do que arriscar aniquilar mais um!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s